Receitas tradicionais

10 coisas que você não sabia sobre a verdadeira comida mexicana

10 coisas que você não sabia sobre a verdadeira comida mexicana


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A próxima vez que você pedir tacos para viagem ou um burrito carnitas com o trabalho, não tome sua comida "mexicana" pelo valor de face. As cozinhas regionais favoritas, como Tex-Mex e Southwestern, podem ter influências mexicanas, mas são, na verdade, interpretações americanas da verdadeira comida mexicana. Eles são variações de um tema - semelhantes ao Ítalo-americana pratos que conhecemos e amamos.

Clique aqui para ver 10 coisas que você não sabia sobre a verdadeira comida mexicana

Depois de cruzar a fronteira, a maioria dos pratos mexicanos se perde na tradução, devido às peculiaridades do paladar americano ou à escassez de ingredientes nativos nas lojas e mercados americanos. No entanto, a Internet tornou mais fácil pedir ingredientes nativos ou difíceis de encontrar, e agora muitas cidades e vilas têm lojas de expatriados que os vendem também - mas se você tiver que fazer substituições bem-sucedidas, primeiro você precisa saber o que coisa real tem gosto.

Qual é a diferença entre comida mexicana americanizada e comida autêntica? Para começar, a verdadeira comida mexicana é antiga - suas tradições, técnicas culinárias e ingredientes são a soma de notáveis ​​cozinhas regionais que datam de milênios. Os cozinheiros mexicanos são criativos, engenhosos e inventivos e, de uma região para outra, a comida reflete os hábitos alimentares das culturas regionais mesoamericanas, pré-colombianas e nativas mexicanas únicas.

Já em 9.000 anos atrás, os povos maias (e mais tarde, os povos astecas e zapotecas) estavam cultivando, colhendo ou caçando uma variedade de alimentos nativos que incluíam milho, tomate, abacate, feijão, pimenta, abóbora, batata doce, mandioca, mandioca, nopales de figos da Índia, chocolate, abacaxi, goiaba e peixes e caça locais (peru, coelhos, veados).

A chegada dos conquistadores espanhóis em 1517 e a intercâmbio colombiano que se seguiu, alterou fundamentalmente a cultura, a história e os hábitos alimentares mexicanos para sempre. Infelizmente, os espanhóis foram apenas os primeiros em uma longa linha de invasores, exploradores, comerciantes e missionários da América do Sul, África e Caribe, e cada navio significava um influxo de novos ingredientes, alimentos básicos e pratos que os cozinheiros mexicanos inteligentes absorveram na culinária local.

Apesar dessa mistura de produção e cultura, a comida mexicana manteve sua integridade cultural histórica e indígena. As cozinhas regionais notavelmente distintas do país são uma Pedra de Roseta culinária para a agricultura, clima e culturas tribais locais. A melhor maneira de descobrir o verdadeiro é explorando cada uma das sete regiões com a barriga. A culinária saborosa e expressiva do México não mudou por centenas de gerações e, ao aprender como cada região usa ingredientes nativos ou faz pratos básicos, você obtém uma janela para o coração e a alma do país e seu povo, começando com o milho.

No México, nenhum ingrediente é tão onipresente, vivificante, simbólico ou culturalmente significativo como o milho. É literalmente o bastão da vida e um dos três pilares, junto com o pimentão e o feijão, da culinária mexicana. A obsessão pelo milho começou em Oaxaca por volta de 4300 a.C. e de lá se espalhou para o resto do México e além. Existem mais de 60 espécies indígenas de milho encontradas no México e, sem elas, não haveria tortilhas, tamales, enchiladas, pozoles, quesadillas e muito mais.

Aqui está o nosso guia para a verdadeira comida mexicana que acreditamos que o fará querer explorar esta cozinha incrivelmente vibrante e colorida do sol.


15 alimentos que você pensava serem mexicanos, mas não são

Desculpe, mas esses alimentos são tão mexicanos quanto as celebrações exageradas do Cinco de Mayo (ou seja, não são).

Se Margaritas e México são sinônimos para você, estou aqui para lhe dizer que, infelizmente, isso não é verdade. A verdadeira origem da deliciosa bebida não é conhecida e, embora muitas das teorias apontem para que ela tenha sido criada no México, todas também apontam que ela foi criada por estrangeiros. As origens podem ser duvidosas, mas o que é certo é que se você for ao México, terá dificuldade em encontrar uma margarita fora das áreas turísticas (e definitivamente não encontrará nenhuma feita com Fireball).

Uma bebida mais tradicional é a Paloma, uma mistura de tequila com gelo com suco de grapefruit e limão, mas se você optar por uma margarita, não há julgamento aqui & mdash essas coisas são muito boas.

Quando você pensa em um taco, quais ingredientes vêm à mente? Carne, molho, tortilhas, queijo cheddar e creme de leite, certo? Lo siento, mas os tacos no México não são tradicionalmente pesados ​​em laticínios. Não se preocupe: você pode encontrar tacos com queijo, mas eles costumam ser chamados gringas (uma gíria um tanto depreciativa para se referir a mulheres estrangeiras) em referência à verdadeira origem da combinação taco + queijo. Coberturas em tacos REAIS no México não vão muito além de um pouco de cilanto fresco e cebola em cubos.

Aquele homem bigodudo com o belo sombrero pode enganar, mas Tapatio (pelo menos a salsa, Tapatios são gente da cidade de Guadalajara) não é mexicano de forma alguma. O condimento picante é, na verdade, fabricado em Vernon, CA.

Não me interpretem mal, chili con carne é delicioso, mas o prato foi criado no sudoeste e provavelmente no Texas. Peça chili com carne no México, e você definitivamente terá mais dificuldade em preencher a lacuna cultural.

Sopapillas são a versão "mexicana" de beignets e pedaços mdash de massa frita e polvilhada com açúcar de confeiteiro ou canela. No entanto, os pastéis deliciosos na verdade não são mexicanos, a menos que você conte o Novo México como parte do México; nesse caso, deixe este artigo e consulte um mapa e um livro de história.

Ah queso, talvez o aperitivo mais paradisíaco que existe, mas, infelizmente, não mexicano, pelo menos não o delicioso caubói com o qual você está acostumado. Embora o queijo derretido seja servido como um aperitivo popular no México, ele é chamado de queso fundido e é normalmente feito de queijos brancos como Oaxaca, Chihuahua ou Manchego (boa sorte para encontrá-los aqui) e é coberto com chouriço ou rajas (chile assado poblano). A versão Velveeta que é popular nos EUA, na verdade, se originou, você adivinhou, Texas.

Você sabe como a maioria dos restaurantes mexicanos nos EUA oferecem a opção entre tacos crocantes ou macios? Isso não é uma coisa no México. Na verdade, embora Glen Bell, o fundador da Taco Bell, possa não ter sido o primeiro a fritar uma tortilha, ele foi o grande responsável por tornar o taco crocante um fenômeno. Não me interpretem mal & mdash você pode encontrar tacos de casca dura no México, mas geralmente são receitas de família & mdash não espere que você taquero para lhe dar essa opção.

Embora deliciosa, esta criação fervilhante infelizmente não é um produto das mentes mexicanas. Mais uma vez, o Lone Star State é o responsável por este prato, com a preparação e o apelido que remontam às fazendas do Texas da década de 1930.

Com grandes infratores como queijo cheddar, creme de leite e batatas fritas de tortilla, não há como uma salada como essa vir do México. Apesar do que o presidente Trump possa dizer, as saladas de taco não são nem um pouco hispânicas - elas foram inventadas na Califórnia pelo fundador da Fritos.

Por alguma razão, é bastante comum que se você pedir uma cerveja mexicana em um bar & mdash como Corona ou Pacifico & mdash, ela virá acompanhada de uma rodela de limão para "sabor extra". No México, no entanto, as cervejas não vêm com limão, a menos que você peça um Michelada (uma cerveja preparada com uma variedade de molhos e sucos). Ah, e idem para as doses de tequila: nada daquele negócio de sal e limão no sul.

No México, os burritos são pequenos burros, não uma enorme tortilha cheia de arroz e feijão. O burrito, como muitas outras coisas nesta lista, tem um histórico muito complicado. Embora existam teorias que colocam sua origem no norte do México no início da Revolução Mexicana, o burrito como o conhecemos hoje não era servido até a década de 1930 na Califórnia. Embora você possa encontrar versões menores do seu burrito clássico no norte do México (devido à proximidade da área com os EUA), quanto mais você avança no país, mais provável é que, ao pedir um burrito, obtenha um da variedade Eeyore .

Caso você não seja do Sul e nunca tenha encontrado um chimichanga, tudo o que você precisa saber é que eles são basicamente burritos fritos. Ao contrário de seus primos burritos, as origens dos chimichanga são um pouco menos duvidosas: eles foram inventados em Phoenix ou Tucson.

Embora os tacos sejam definitivamente, 100%, sem dúvida, mexicanos, a maneira como os tacos al pastor são preparados (no espeto, no estilo shwarma) na verdade não é nativa do país. Eles não apareceram até o início de 1900, quando os imigrantes libaneses se mudaram para o México e trouxeram sua técnica de assar no espeto, revolucionando completamente a maneira como o taco era preparado. Então, povo do Líbano, do fundo de nossos corações, gracias.

Ok, então as tortilhas de farinha são mexicanas, mas como as tortilhas de casca dura, elas não são tão usadas como o seu restaurante mexicano local pode fazer você acreditar. As opções de tortilla no México são geralmente limitadas a diferentes variedades de milho para tacos, sopas, tostadas e tudo mais. As tortilhas de farinha, por outro lado, são normalmente usadas apenas para quesadillas.

Churros estão amplamente disponíveis no México, tanto que muitos cafés de churros oferecem uma variedade de churros recheados com deliciosas geleias e cremes para barrar (Nutella, geléia de morango e leite condensado adoçado, para citar alguns). No entanto, por mais que sejam apreciados no país, os doces como os conhecemos hoje são, na verdade, um produto da Espanha.


15 alimentos que você pensava serem mexicanos, mas não são

Desculpe, mas esses alimentos são tão mexicanos quanto as celebrações exageradas do Cinco de Mayo (ou seja, não são).

Se Margaritas e México são sinônimos para você, estou aqui para lhe dizer que, infelizmente, isso não é verdade. A verdadeira origem da deliciosa bebida não é conhecida e, embora muitas das teorias apontem para que ela tenha sido criada no México, todas também apontam que ela foi criada por estrangeiros. As origens podem ser duvidosas, mas o que é certo é que se você for ao México, terá dificuldade em encontrar uma margarita fora das áreas turísticas (e definitivamente não encontrará nenhuma feita com Fireball).

Uma bebida mais tradicional é a Paloma, uma mistura de tequila com gelo com suco de grapefruit e limão, mas se você optar por uma margarita, não há julgamento aqui & mdash essas coisas são muito boas.

Quando você pensa em um taco, quais ingredientes vêm à mente? Carne, molho, tortilhas, queijo cheddar e creme de leite, certo? Lo siento, mas os tacos no México não são tradicionalmente pesados ​​em laticínios. Não se preocupe: você pode encontrar tacos com queijo, mas eles costumam ser chamados gringas (uma gíria um tanto depreciativa para se referir a mulheres estrangeiras) em referência à verdadeira origem da combinação taco + queijo. Coberturas em tacos REAIS no México não vão muito além de um pouco de cilanto fresco e cebola em cubos.

Aquele homem bigodudo com o belo sombrero pode enganar, mas Tapatio (pelo menos a salsa, Tapatios são gente da cidade de Guadalajara) não é mexicano de forma alguma. O condimento picante é, na verdade, fabricado em Vernon, CA.

Não me interpretem mal, chili con carne é delicioso, mas o prato foi criado no sudoeste e provavelmente no Texas. Peça chili com carne no México, e você definitivamente terá mais dificuldade em preencher a lacuna cultural.

Sopapillas são a versão "mexicana" de beignets e pedaços mdash de massa frita e polvilhada com açúcar de confeiteiro ou canela. No entanto, os pastéis deliciosos na verdade não são mexicanos, a menos que você conte o Novo México como parte do México; nesse caso, deixe este artigo e consulte um mapa e um livro de história.

Ah queso, talvez o aperitivo mais paradisíaco que existe, mas, infelizmente, não mexicano, pelo menos não o delicioso caubói com o qual você está acostumado. Embora o queijo derretido seja servido como um aperitivo popular no México, ele é chamado de queso fundido e é normalmente feito de queijos brancos como Oaxaca, Chihuahua ou Manchego (boa sorte para encontrá-los aqui) e é coberto com chouriço ou rajas (chile assado poblano). A versão Velveeta que é popular nos EUA, na verdade, se originou, você adivinhou, Texas.

Você sabe como a maioria dos restaurantes mexicanos nos EUA oferecem a opção entre tacos crocantes ou macios? Isso não é uma coisa no México. Na verdade, embora Glen Bell, o fundador da Taco Bell, possa não ter sido o primeiro a fritar uma tortilha, ele foi o grande responsável por tornar o taco crocante um fenômeno. Não me interpretem mal & mdash você pode encontrar tacos de casca dura no México, mas geralmente são receitas de família & mdash não espere que você taquero para lhe dar essa opção.

Embora deliciosa, esta criação fervilhante infelizmente não é um produto das mentes mexicanas. Mais uma vez, o Lone Star State é o responsável por este prato, com a preparação e o apelido que remontam às fazendas do Texas da década de 1930.

Com grandes infratores como queijo cheddar, creme de leite e batatas fritas de tortilla, não há como uma salada como essa vir do México. Apesar do que o presidente Trump possa dizer, as saladas de taco não são nem um pouco hispânicas - elas foram inventadas na Califórnia pelo fundador da Fritos.

Por alguma razão, é bastante comum que se você pedir uma cerveja mexicana em um bar & mdash como Corona ou Pacifico & mdash, ela virá acompanhada de uma rodela de limão para "sabor extra". No México, no entanto, as cervejas não vêm com limão, a menos que você peça um Michelada (uma cerveja preparada com uma variedade de molhos e sucos). Ah, e idem para as doses de tequila: nada daquele negócio de sal e limão no sul.

No México, os burritos são pequenos burros, não uma enorme tortilha cheia de arroz e feijão. O burrito, como muitas outras coisas nesta lista, tem um histórico muito complicado. Embora existam teorias que colocam sua origem no norte do México no início da Revolução Mexicana, o burrito como o conhecemos hoje não era servido até a década de 1930 na Califórnia. Embora você possa encontrar versões menores do seu burrito clássico no norte do México (devido à proximidade da área com os EUA), quanto mais você avança no país, mais provável é que, ao pedir um burrito, obtenha um da variedade Eeyore .

Caso você não seja do Sul e nunca tenha encontrado um chimichanga, tudo o que você precisa saber é que eles são basicamente burritos fritos. Ao contrário de seus primos burritos, as origens dos chimichanga são um pouco menos duvidosas: eles foram inventados em Phoenix ou Tucson.

Embora os tacos sejam definitivamente, 100%, sem dúvida, mexicanos, a maneira como os tacos al pastor são preparados (no espeto, no estilo shwarma) na verdade não é nativa do país. Eles não apareceram até o início de 1900, quando os imigrantes libaneses se mudaram para o México e trouxeram sua técnica de assar no espeto, revolucionando completamente a maneira como o taco era preparado. Então, povo do Líbano, do fundo de nossos corações, gracias.

Ok, então as tortilhas de farinha são mexicanas, mas como as tortilhas de casca dura, elas não são tão usadas como o seu restaurante mexicano local pode fazer você acreditar. As opções de tortilla no México são geralmente limitadas a diferentes variedades de milho para tacos, sopas, tostadas e tudo mais. As tortilhas de farinha, por outro lado, são normalmente usadas apenas para quesadillas.

Churros estão amplamente disponíveis no México, tanto que muitos cafés de churros oferecem uma variedade de churros recheados com deliciosas geleias e cremes para barrar (Nutella, geléia de morango e leite condensado adoçado, para citar alguns). No entanto, por mais que sejam apreciados no país, os doces como os conhecemos hoje são, na verdade, um produto da Espanha.


15 alimentos que você pensava serem mexicanos, mas não são

Desculpe, mas esses alimentos são tão mexicanos quanto as celebrações exageradas do Cinco de Mayo (ou seja, não são).

Se Margaritas e México são sinônimos para você, estou aqui para lhe dizer que, infelizmente, isso não é verdade. A verdadeira origem da deliciosa bebida não é conhecida e, embora muitas das teorias apontem para que ela tenha sido criada no México, todas também apontam que ela foi criada por estrangeiros. As origens podem ser duvidosas, mas o que é certo é que se você for ao México, terá dificuldade em encontrar uma margarita fora das áreas turísticas (e definitivamente não encontrará nenhuma feita com Fireball).

Uma bebida mais tradicional é a Paloma, uma mistura de tequila com gelo com suco de grapefruit e limão, mas se você optar por uma margarita, não há julgamento aqui & mdash essas coisas são muito boas.

Quando você pensa em um taco, quais ingredientes vêm à mente? Carne, molho, tortilhas, queijo cheddar e creme de leite, certo? Lo siento, mas os tacos no México não são tradicionalmente pesados ​​em laticínios. Não se preocupe: você pode encontrar tacos com queijo, mas eles costumam ser chamados gringas (uma gíria um tanto depreciativa para se referir a mulheres estrangeiras) em referência à verdadeira origem da combinação taco + queijo. Coberturas em tacos REAIS no México não vão muito além de um pouco de cilanto fresco e cebola em cubos.

Aquele homem bigodudo com o belo sombrero pode enganar, mas Tapatio (pelo menos a salsa, Tapatios são gente da cidade de Guadalajara) não é mexicano de forma alguma. O condimento picante é, na verdade, fabricado em Vernon, CA.

Não me interpretem mal, chili con carne é delicioso, mas o prato foi criado no sudoeste e provavelmente no Texas. Peça chili com carne no México, e você definitivamente terá mais dificuldade em preencher a lacuna cultural.

Sopapillas são a versão "mexicana" de beignets e pedaços mdash de massa frita e polvilhada com açúcar de confeiteiro ou canela. No entanto, os pastéis deliciosos na verdade não são mexicanos, a menos que você conte o Novo México como parte do México; nesse caso, deixe este artigo e consulte um mapa e um livro de história.

Ah queso, talvez o aperitivo mais paradisíaco que existe, mas, infelizmente, não mexicano, pelo menos não o delicioso caubói com o qual você está acostumado. Embora o queijo derretido seja servido como um aperitivo popular no México, ele é chamado de queso fundido e é normalmente feito de queijos brancos como Oaxaca, Chihuahua ou Manchego (boa sorte para encontrá-los aqui) e é coberto com chouriço ou rajas (chile assado poblano). A versão Velveeta que é popular nos EUA, na verdade, se originou, você adivinhou, Texas.

Você sabe como a maioria dos restaurantes mexicanos nos EUA oferecem a opção entre tacos crocantes ou macios? Isso não é uma coisa no México. Na verdade, embora Glen Bell, o fundador da Taco Bell, possa não ter sido o primeiro a fritar uma tortilha, ele foi o grande responsável por tornar o taco crocante um fenômeno. Não me interpretem mal & mdash você pode encontrar tacos de casca dura no México, mas geralmente são receitas de família & mdash não espere que você taquero para lhe dar essa opção.

Embora deliciosa, esta criação fervilhante infelizmente não é um produto das mentes mexicanas. Mais uma vez, o Lone Star State é o responsável por este prato, com a preparação e o apelido que remontam às fazendas do Texas da década de 1930.

Com grandes infratores como queijo cheddar, creme de leite e batatas fritas de tortilla, não há como uma salada como essa vir do México. Apesar do que o presidente Trump possa dizer, as saladas de taco não são nem um pouco hispânicas - elas foram inventadas na Califórnia pelo fundador da Fritos.

Por alguma razão, é bastante comum que se você pedir uma cerveja mexicana em um bar & mdash como Corona ou Pacifico & mdash, ela virá acompanhada de uma rodela de limão para "sabor extra". No México, no entanto, as cervejas não vêm com limão, a menos que você peça um Michelada (uma cerveja preparada com uma variedade de molhos e sucos). Ah, e idem para as doses de tequila: nada daquele negócio de sal e limão no sul.

No México, os burritos são pequenos burros, não uma enorme tortilha cheia de arroz e feijão. O burrito, como muitas outras coisas nesta lista, tem um histórico muito complicado. Embora existam teorias que colocam sua origem no norte do México no início da Revolução Mexicana, o burrito como o conhecemos hoje não era servido até a década de 1930 na Califórnia. Embora você possa encontrar versões menores do seu burrito clássico no norte do México (devido à proximidade da área com os EUA), quanto mais você avança no país, mais provável é que, ao pedir um burrito, obtenha um da variedade Eeyore .

Caso você não seja do Sul e nunca tenha encontrado um chimichanga, tudo o que você precisa saber é que eles são basicamente burritos fritos. Ao contrário de seus primos burritos, as origens dos chimichanga são um pouco menos duvidosas: eles foram inventados em Phoenix ou Tucson.

Embora os tacos sejam definitivamente, 100%, sem dúvida, mexicanos, a maneira como os tacos al pastor são preparados (no espeto, no estilo shwarma) na verdade não é nativa do país. Eles não apareceram até o início de 1900, quando os imigrantes libaneses se mudaram para o México e trouxeram sua técnica de assar no espeto, revolucionando completamente a maneira como o taco era preparado. Então, povo do Líbano, do fundo de nossos corações, gracias.

Ok, então as tortilhas de farinha são mexicanas, mas como as tortilhas de casca dura, elas não são tão usadas como o seu restaurante mexicano local pode fazer você acreditar. As opções de tortilla no México são geralmente limitadas a diferentes variedades de milho para tacos, sopas, tostadas e tudo mais. As tortilhas de farinha, por outro lado, são normalmente usadas apenas para quesadillas.

Churros estão amplamente disponíveis no México, tanto que muitos cafés de churros oferecem uma variedade de churros recheados com deliciosas geleias e cremes para barrar (Nutella, geléia de morango e leite condensado adoçado, para citar alguns). No entanto, por mais que sejam apreciados no país, os doces como os conhecemos hoje são, na verdade, um produto da Espanha.


15 alimentos que você pensava serem mexicanos, mas não são

Desculpe, mas esses alimentos são tão mexicanos quanto as celebrações exageradas do Cinco de Mayo (ou seja, não são).

Se Margaritas e México são sinônimos para você, estou aqui para lhe dizer que, infelizmente, isso não é verdade. A verdadeira origem da deliciosa bebida não é conhecida e, embora muitas das teorias apontem para que ela tenha sido criada no México, todas também apontam que ela foi criada por estrangeiros. As origens podem ser duvidosas, mas o que é certo é que se você for ao México, terá dificuldade em encontrar uma margarita fora das áreas turísticas (e definitivamente não encontrará nenhuma feita com Fireball).

Uma bebida mais tradicional é a Paloma, uma mistura de tequila com gelo com suco de grapefruit e limão, mas se você optar por uma margarita, não há julgamento aqui & mdash essas coisas são muito boas.

Quando você pensa em um taco, quais ingredientes vêm à mente? Carne, molho, tortilhas, queijo cheddar e creme de leite, certo? Lo siento, mas os tacos no México não são tradicionalmente pesados ​​em laticínios. Não se preocupe: você pode encontrar tacos com queijo, mas eles costumam ser chamados gringas (uma gíria um tanto depreciativa para se referir a mulheres estrangeiras) em referência à verdadeira origem da combinação taco + queijo. Coberturas em tacos REAIS no México não vão muito além de um pouco de cilanto fresco e cebola em cubos.

Aquele homem bigodudo com o belo sombrero pode enganar, mas Tapatio (pelo menos a salsa, Tapatios são gente da cidade de Guadalajara) não é mexicano de forma alguma. O condimento picante é, na verdade, fabricado em Vernon, CA.

Não me interpretem mal, chili con carne é delicioso, mas o prato foi criado no sudoeste e provavelmente no Texas. Peça chili com carne no México, e você definitivamente terá mais dificuldade em preencher a lacuna cultural.

Sopapillas são a versão "mexicana" de beignets e pedaços mdash de massa frita e polvilhada com açúcar de confeiteiro ou canela. No entanto, os pastéis deliciosos na verdade não são mexicanos, a menos que você conte o Novo México como parte do México; nesse caso, deixe este artigo e consulte um mapa e um livro de história.

Ah queso, talvez o aperitivo mais paradisíaco que existe, mas, infelizmente, não mexicano, pelo menos não o delicioso caubói com o qual você está acostumado. Embora o queijo derretido seja servido como um aperitivo popular no México, ele é chamado de queso fundido e é normalmente feito de queijos brancos como Oaxaca, Chihuahua ou Manchego (boa sorte para encontrá-los aqui) e é coberto com chouriço ou rajas (chile assado poblano). A versão Velveeta que é popular nos EUA, na verdade, se originou, você adivinhou, Texas.

Você sabe como a maioria dos restaurantes mexicanos nos EUA oferecem a opção entre tacos crocantes ou macios? Isso não é uma coisa no México. Na verdade, embora Glen Bell, o fundador da Taco Bell, possa não ter sido o primeiro a fritar uma tortilha, ele foi o grande responsável por tornar o taco crocante um fenômeno. Não me interpretem mal & mdash você pode encontrar tacos de casca dura no México, mas geralmente são receitas de família & mdash não espere que você taquero para lhe dar essa opção.

Embora deliciosa, esta criação fervilhante infelizmente não é um produto das mentes mexicanas. Mais uma vez, o Lone Star State é o responsável por este prato, com a preparação e o apelido que remontam às fazendas do Texas da década de 1930.

Com grandes infratores como queijo cheddar, creme de leite e batatas fritas de tortilla, não há como uma salada como essa vir do México. Apesar do que o presidente Trump possa dizer, as saladas de taco não são nem um pouco hispânicas - elas foram inventadas na Califórnia pelo fundador da Fritos.

Por alguma razão, é bastante comum que se você pedir uma cerveja mexicana em um bar & mdash como Corona ou Pacifico & mdash, ela virá acompanhada de uma rodela de limão para "sabor extra". No México, no entanto, as cervejas não vêm com limão, a menos que você peça um Michelada (uma cerveja preparada com uma variedade de molhos e sucos). Ah, e idem para as doses de tequila: nada daquele negócio de sal e limão no sul.

No México, os burritos são pequenos burros, não uma enorme tortilha cheia de arroz e feijão. O burrito, como muitas outras coisas nesta lista, tem um histórico muito complicado. Embora existam teorias que colocam sua origem no norte do México no início da Revolução Mexicana, o burrito como o conhecemos hoje não era servido até a década de 1930 na Califórnia. Embora você possa encontrar versões menores do seu burrito clássico no norte do México (devido à proximidade da área com os EUA), quanto mais você avança no país, mais provável é que, ao pedir um burrito, obtenha um da variedade Eeyore .

Caso você não seja do Sul e nunca tenha encontrado um chimichanga, tudo o que você precisa saber é que eles são basicamente burritos fritos. Ao contrário de seus primos burritos, as origens dos chimichanga são um pouco menos duvidosas: eles foram inventados em Phoenix ou Tucson.

Embora os tacos sejam definitivamente, 100%, sem dúvida, mexicanos, a maneira como os tacos al pastor são preparados (no espeto, no estilo shwarma) na verdade não é nativa do país. Eles não apareceram até o início de 1900, quando os imigrantes libaneses se mudaram para o México e trouxeram sua técnica de assar no espeto, revolucionando completamente a maneira como o taco era preparado. Então, povo do Líbano, do fundo de nossos corações, gracias.

Ok, então as tortilhas de farinha são mexicanas, mas como as tortilhas de casca dura, elas não são tão usadas como o seu restaurante mexicano local pode fazer você acreditar. As opções de tortilla no México são geralmente limitadas a diferentes variedades de milho para tacos, sopas, tostadas e tudo mais. As tortilhas de farinha, por outro lado, são normalmente usadas apenas para quesadillas.

Churros estão amplamente disponíveis no México, tanto que muitos cafés de churros oferecem uma variedade de churros recheados com deliciosas geleias e cremes para barrar (Nutella, geléia de morango e leite condensado adoçado, para citar alguns). No entanto, por mais que sejam apreciados no país, os doces como os conhecemos hoje são, na verdade, um produto da Espanha.


15 alimentos que você pensava serem mexicanos, mas não são

Desculpe, mas esses alimentos são tão mexicanos quanto as celebrações exageradas do Cinco de Mayo (ou seja, não são).

Se Margaritas e México são sinônimos para você, estou aqui para lhe dizer que, infelizmente, isso não é verdade. A verdadeira origem da deliciosa bebida não é conhecida e, embora muitas das teorias apontem para que ela tenha sido criada no México, todas também apontam que ela foi criada por estrangeiros. As origens podem ser duvidosas, mas o que é certo é que se você for ao México, terá dificuldade em encontrar uma margarita fora das áreas turísticas (e definitivamente não encontrará nenhuma feita com Fireball).

Uma bebida mais tradicional é a Paloma, uma mistura de tequila com gelo com suco de grapefruit e limão, mas se você optar por uma margarita, não há julgamento aqui & mdash essas coisas são muito boas.

Quando você pensa em um taco, quais ingredientes vêm à mente? Carne, molho, tortilhas, queijo cheddar e creme de leite, certo? Lo siento, mas os tacos no México não são tradicionalmente pesados ​​em laticínios. Não se preocupe: você pode encontrar tacos com queijo, mas eles costumam ser chamados gringas (uma gíria um tanto depreciativa para se referir a mulheres estrangeiras) em referência à verdadeira origem da combinação taco + queijo. Coberturas em tacos REAIS no México não vão muito além de um pouco de cilanto fresco e cebola em cubos.

Aquele homem bigodudo com o belo sombrero pode enganar, mas Tapatio (pelo menos a salsa, Tapatios são gente da cidade de Guadalajara) não é mexicano de forma alguma. O condimento picante é, na verdade, fabricado em Vernon, CA.

Não me interpretem mal, chili con carne é delicioso, mas o prato foi criado no sudoeste e provavelmente no Texas. Peça chili com carne no México, e você definitivamente terá mais dificuldade em preencher a lacuna cultural.

Sopapillas são a versão "mexicana" de beignets e pedaços mdash de massa frita e polvilhada com açúcar de confeiteiro ou canela. No entanto, os pastéis deliciosos na verdade não são mexicanos, a menos que você conte o Novo México como parte do México; nesse caso, deixe este artigo e consulte um mapa e um livro de história.

Ah queso, talvez o aperitivo mais paradisíaco que existe, mas, infelizmente, não mexicano, pelo menos não o delicioso caubói com o qual você está acostumado. Embora o queijo derretido seja servido como um aperitivo popular no México, ele é chamado de queso fundido e é normalmente feito de queijos brancos como Oaxaca, Chihuahua ou Manchego (boa sorte para encontrá-los aqui) e é coberto com chouriço ou rajas (chile assado poblano). A versão Velveeta que é popular nos EUA, na verdade, se originou, você adivinhou, Texas.

Você sabe como a maioria dos restaurantes mexicanos nos EUA oferecem a opção entre tacos crocantes ou macios? Isso não é uma coisa no México. Na verdade, embora Glen Bell, o fundador da Taco Bell, possa não ter sido o primeiro a fritar uma tortilha, ele foi o grande responsável por tornar o taco crocante um fenômeno. Não me interpretem mal & mdash você pode encontrar tacos de casca dura no México, mas geralmente são receitas de família & mdash não espere que você taquero para lhe dar essa opção.

Embora deliciosa, esta criação fervilhante infelizmente não é um produto das mentes mexicanas. Mais uma vez, o Lone Star State é o responsável por este prato, com a preparação e o apelido que remontam às fazendas do Texas da década de 1930.

With big offenders like cheddar cheese, sour cream, and tortilla chips, there's no way that a salad like this could be from Mexico. Despite what President Trump may say, taco salads are not Hispanic at all &mdash they were invented in California by the founder of Fritos.

For some reason, it's pretty common that if you order a Mexican beer at a bar &mdash like Corona, or Pacifico &mdash it'll come accompanied with a little lime wedge for "extra flavor." In Mexico, however, beers don't come with lime unless you order a michelada (a beer prepared with a variety of salsas and juices). Oh, and ditto for shots of tequila: none of that salt and lime business down South.

In Mexico, burritos are small donkeys, not a huge rice-and-bean-filled tortilla. The burrito, like a lot of other things on this list, has a very complicated background. Although there are theories that place its origin in northern Mexico at the beginning of the Mexican Revolution, the burrito as we know it today wasn't served until the 1930s in California. While you can find smaller versions of your classic burrito in northern Mexico (given the area's proximity to the US), the further you go into the country, the more likely that when you ask for a burrito you'll get one of the Eeyore variety.

In case you're not from the South and have never encountered a chimichanga, all you need to know is that they're basically deep-fried burritos. Unlike their burrito cousins, the origins of the chimichanga are a little less dubious: they were invented in either Phoenix or Tucson.

While tacos are definitely, 100 percent, without-a-doubt Mexican, the way tacos al pastor are cooked (on a spit, shwarma-style) is actually not native to the country. They didn't come along until the early 1900s, when Lebanese immigrants moved to Mexico and brought their spit-roasting technique with them, completely revolutionizing the way the taco was prepared. So, people of Lebanon, from the bottom of our hearts, gracias.

Okay, so flour tortillas are Mexican, but like hard-shell tortillas, they're not as commonly used as your local Mexican restaurant might lead you to believe. The tortilla choices in Mexico are generally limited to different varieties of corn for tacos, soups, tostadas, and everything in between. Flour tortillas on the other hand, are typically only used for quesadillas.

Churros are actually very widely available in Mexico, so much so that many churro cafes offer a variety of churros filled with delicious jellies and spreads (Nutella, strawberry jelly, and sweetened condensed milk, to name a few). However, as much as they're beloved in the country, the sweet pastry as we know it today is actually a product of Spain.


15 Foods You Thought Were Mexican, But Aren't

Sorry, but these foods are about as Mexican as over-the-top Cinco de Mayo celebrations (i.e. they're not).

If Margaritas and Mexico are synonymous to you, I'm here to tell you that sadly, that's not accurate at all. The true origin of the delicious drink is not known, and though many of the theories point to it being created in Mexico, they also all point to it being created by foreigners. The origins may be shaky, but what's for sure is that if you go to Mexico, you'll be hard-pressed to find a margarita outside of touristy areas (and you definitely won't find any made with Fireball).

A more traditional drink is a Paloma, a mix of tequila on the rocks with grapefruit juice and lime, but if you opt for a margarita, no judgment here &mdash those things are damn good.

When you think of a taco, what ingredients come to mind? Meat, salsa, tortillas, cheddar cheese, and sour cream, right? Lo siento, but tacos in Mexico are not traditionally heavy on dairy. Don't worry: You can find tacos with cheese in them, but they're often called gringas (a somewhat derogatory slang word to refer to female foreigners) in reference to the true origin of the taco + cheese combo. Toppings on REAL tacos in Mexico don't go far beyond some fresh cilanto and diced onion.

That mustachioed man with the nice sombrero might be deceiving, but Tapatio (the salsa at least, Tapatios are people from the city of Guadalajara) is not Mexican at all. The spicy condiment is actually manufactured in Vernon, CA.

Don't get me wrong, chili con carne is delicious, but the dish was actually created in the Southwest &mdash most likely Texas. Ask for chili con carne in Mexico, and you'll definitely have a harder time bridging the cultural gap.

Sopapillas are the "Mexican" version of beignets &mdash deep-fried pieces of dough sprinkled with powdered sugar or cinnamon. However, the yummy pastries are actually not Mexican at all, unless you count New Mexico as part of Mexico, in which case, please leave this article and consult a map and a history book.

Ah queso, perhaps the most heavenly appetizer to exist, but alas, not Mexican, at least not the delicious cowboy kind you're used to. While melted cheese is served as a popular appetizer in Mexico, it's called queso fundido, and is typically made of white cheeses such as Oaxaca, Chihuahua, or Manchego (good luck finding those here), and is topped with chorizo or rajas (roasted chile poblano). The Velveeta version that's popular in the US actually originated in, you guessed it, Texas.

You know how most Mexican restaurants in the US will give you the option between crispy or soft tacos? That's not a thing in Mexico. In fact, while Glen Bell, the founder of Taco Bell, may not have been the first to fry a tortilla, he was largely responsible for making the crispy taco a phenomenon. Don't get me wrong &mdash you can find hard-shell tacos in Mexico, but they're generally family recipes &mdash don't expect your taquero to give you that option.

Though delicious, this sizzling creation is unfortunately not a product of Mexican minds. Once again, the Lone Star State is responsible for this dish, with the preparation and nickname dating back to 1930's Texas ranches.

With big offenders like cheddar cheese, sour cream, and tortilla chips, there's no way that a salad like this could be from Mexico. Despite what President Trump may say, taco salads are not Hispanic at all &mdash they were invented in California by the founder of Fritos.

For some reason, it's pretty common that if you order a Mexican beer at a bar &mdash like Corona, or Pacifico &mdash it'll come accompanied with a little lime wedge for "extra flavor." In Mexico, however, beers don't come with lime unless you order a michelada (a beer prepared with a variety of salsas and juices). Oh, and ditto for shots of tequila: none of that salt and lime business down South.

In Mexico, burritos are small donkeys, not a huge rice-and-bean-filled tortilla. The burrito, like a lot of other things on this list, has a very complicated background. Although there are theories that place its origin in northern Mexico at the beginning of the Mexican Revolution, the burrito as we know it today wasn't served until the 1930s in California. While you can find smaller versions of your classic burrito in northern Mexico (given the area's proximity to the US), the further you go into the country, the more likely that when you ask for a burrito you'll get one of the Eeyore variety.

In case you're not from the South and have never encountered a chimichanga, all you need to know is that they're basically deep-fried burritos. Unlike their burrito cousins, the origins of the chimichanga are a little less dubious: they were invented in either Phoenix or Tucson.

While tacos are definitely, 100 percent, without-a-doubt Mexican, the way tacos al pastor are cooked (on a spit, shwarma-style) is actually not native to the country. They didn't come along until the early 1900s, when Lebanese immigrants moved to Mexico and brought their spit-roasting technique with them, completely revolutionizing the way the taco was prepared. So, people of Lebanon, from the bottom of our hearts, gracias.

Okay, so flour tortillas are Mexican, but like hard-shell tortillas, they're not as commonly used as your local Mexican restaurant might lead you to believe. The tortilla choices in Mexico are generally limited to different varieties of corn for tacos, soups, tostadas, and everything in between. Flour tortillas on the other hand, are typically only used for quesadillas.

Churros are actually very widely available in Mexico, so much so that many churro cafes offer a variety of churros filled with delicious jellies and spreads (Nutella, strawberry jelly, and sweetened condensed milk, to name a few). However, as much as they're beloved in the country, the sweet pastry as we know it today is actually a product of Spain.


15 Foods You Thought Were Mexican, But Aren't

Sorry, but these foods are about as Mexican as over-the-top Cinco de Mayo celebrations (i.e. they're not).

If Margaritas and Mexico are synonymous to you, I'm here to tell you that sadly, that's not accurate at all. The true origin of the delicious drink is not known, and though many of the theories point to it being created in Mexico, they also all point to it being created by foreigners. The origins may be shaky, but what's for sure is that if you go to Mexico, you'll be hard-pressed to find a margarita outside of touristy areas (and you definitely won't find any made with Fireball).

A more traditional drink is a Paloma, a mix of tequila on the rocks with grapefruit juice and lime, but if you opt for a margarita, no judgment here &mdash those things are damn good.

When you think of a taco, what ingredients come to mind? Meat, salsa, tortillas, cheddar cheese, and sour cream, right? Lo siento, but tacos in Mexico are not traditionally heavy on dairy. Don't worry: You can find tacos with cheese in them, but they're often called gringas (a somewhat derogatory slang word to refer to female foreigners) in reference to the true origin of the taco + cheese combo. Toppings on REAL tacos in Mexico don't go far beyond some fresh cilanto and diced onion.

That mustachioed man with the nice sombrero might be deceiving, but Tapatio (the salsa at least, Tapatios are people from the city of Guadalajara) is not Mexican at all. The spicy condiment is actually manufactured in Vernon, CA.

Don't get me wrong, chili con carne is delicious, but the dish was actually created in the Southwest &mdash most likely Texas. Ask for chili con carne in Mexico, and you'll definitely have a harder time bridging the cultural gap.

Sopapillas are the "Mexican" version of beignets &mdash deep-fried pieces of dough sprinkled with powdered sugar or cinnamon. However, the yummy pastries are actually not Mexican at all, unless you count New Mexico as part of Mexico, in which case, please leave this article and consult a map and a history book.

Ah queso, perhaps the most heavenly appetizer to exist, but alas, not Mexican, at least not the delicious cowboy kind you're used to. While melted cheese is served as a popular appetizer in Mexico, it's called queso fundido, and is typically made of white cheeses such as Oaxaca, Chihuahua, or Manchego (good luck finding those here), and is topped with chorizo or rajas (roasted chile poblano). The Velveeta version that's popular in the US actually originated in, you guessed it, Texas.

You know how most Mexican restaurants in the US will give you the option between crispy or soft tacos? That's not a thing in Mexico. In fact, while Glen Bell, the founder of Taco Bell, may not have been the first to fry a tortilla, he was largely responsible for making the crispy taco a phenomenon. Don't get me wrong &mdash you can find hard-shell tacos in Mexico, but they're generally family recipes &mdash don't expect your taquero to give you that option.

Though delicious, this sizzling creation is unfortunately not a product of Mexican minds. Once again, the Lone Star State is responsible for this dish, with the preparation and nickname dating back to 1930's Texas ranches.

With big offenders like cheddar cheese, sour cream, and tortilla chips, there's no way that a salad like this could be from Mexico. Despite what President Trump may say, taco salads are not Hispanic at all &mdash they were invented in California by the founder of Fritos.

For some reason, it's pretty common that if you order a Mexican beer at a bar &mdash like Corona, or Pacifico &mdash it'll come accompanied with a little lime wedge for "extra flavor." In Mexico, however, beers don't come with lime unless you order a michelada (a beer prepared with a variety of salsas and juices). Oh, and ditto for shots of tequila: none of that salt and lime business down South.

In Mexico, burritos are small donkeys, not a huge rice-and-bean-filled tortilla. The burrito, like a lot of other things on this list, has a very complicated background. Although there are theories that place its origin in northern Mexico at the beginning of the Mexican Revolution, the burrito as we know it today wasn't served until the 1930s in California. While you can find smaller versions of your classic burrito in northern Mexico (given the area's proximity to the US), the further you go into the country, the more likely that when you ask for a burrito you'll get one of the Eeyore variety.

In case you're not from the South and have never encountered a chimichanga, all you need to know is that they're basically deep-fried burritos. Unlike their burrito cousins, the origins of the chimichanga are a little less dubious: they were invented in either Phoenix or Tucson.

While tacos are definitely, 100 percent, without-a-doubt Mexican, the way tacos al pastor are cooked (on a spit, shwarma-style) is actually not native to the country. They didn't come along until the early 1900s, when Lebanese immigrants moved to Mexico and brought their spit-roasting technique with them, completely revolutionizing the way the taco was prepared. So, people of Lebanon, from the bottom of our hearts, gracias.

Okay, so flour tortillas are Mexican, but like hard-shell tortillas, they're not as commonly used as your local Mexican restaurant might lead you to believe. The tortilla choices in Mexico are generally limited to different varieties of corn for tacos, soups, tostadas, and everything in between. Flour tortillas on the other hand, are typically only used for quesadillas.

Churros are actually very widely available in Mexico, so much so that many churro cafes offer a variety of churros filled with delicious jellies and spreads (Nutella, strawberry jelly, and sweetened condensed milk, to name a few). However, as much as they're beloved in the country, the sweet pastry as we know it today is actually a product of Spain.


15 Foods You Thought Were Mexican, But Aren't

Sorry, but these foods are about as Mexican as over-the-top Cinco de Mayo celebrations (i.e. they're not).

If Margaritas and Mexico are synonymous to you, I'm here to tell you that sadly, that's not accurate at all. The true origin of the delicious drink is not known, and though many of the theories point to it being created in Mexico, they also all point to it being created by foreigners. The origins may be shaky, but what's for sure is that if you go to Mexico, you'll be hard-pressed to find a margarita outside of touristy areas (and you definitely won't find any made with Fireball).

A more traditional drink is a Paloma, a mix of tequila on the rocks with grapefruit juice and lime, but if you opt for a margarita, no judgment here &mdash those things are damn good.

When you think of a taco, what ingredients come to mind? Meat, salsa, tortillas, cheddar cheese, and sour cream, right? Lo siento, but tacos in Mexico are not traditionally heavy on dairy. Don't worry: You can find tacos with cheese in them, but they're often called gringas (a somewhat derogatory slang word to refer to female foreigners) in reference to the true origin of the taco + cheese combo. Toppings on REAL tacos in Mexico don't go far beyond some fresh cilanto and diced onion.

That mustachioed man with the nice sombrero might be deceiving, but Tapatio (the salsa at least, Tapatios are people from the city of Guadalajara) is not Mexican at all. The spicy condiment is actually manufactured in Vernon, CA.

Don't get me wrong, chili con carne is delicious, but the dish was actually created in the Southwest &mdash most likely Texas. Ask for chili con carne in Mexico, and you'll definitely have a harder time bridging the cultural gap.

Sopapillas are the "Mexican" version of beignets &mdash deep-fried pieces of dough sprinkled with powdered sugar or cinnamon. However, the yummy pastries are actually not Mexican at all, unless you count New Mexico as part of Mexico, in which case, please leave this article and consult a map and a history book.

Ah queso, perhaps the most heavenly appetizer to exist, but alas, not Mexican, at least not the delicious cowboy kind you're used to. While melted cheese is served as a popular appetizer in Mexico, it's called queso fundido, and is typically made of white cheeses such as Oaxaca, Chihuahua, or Manchego (good luck finding those here), and is topped with chorizo or rajas (roasted chile poblano). The Velveeta version that's popular in the US actually originated in, you guessed it, Texas.

You know how most Mexican restaurants in the US will give you the option between crispy or soft tacos? That's not a thing in Mexico. In fact, while Glen Bell, the founder of Taco Bell, may not have been the first to fry a tortilla, he was largely responsible for making the crispy taco a phenomenon. Don't get me wrong &mdash you can find hard-shell tacos in Mexico, but they're generally family recipes &mdash don't expect your taquero to give you that option.

Though delicious, this sizzling creation is unfortunately not a product of Mexican minds. Once again, the Lone Star State is responsible for this dish, with the preparation and nickname dating back to 1930's Texas ranches.

With big offenders like cheddar cheese, sour cream, and tortilla chips, there's no way that a salad like this could be from Mexico. Despite what President Trump may say, taco salads are not Hispanic at all &mdash they were invented in California by the founder of Fritos.

For some reason, it's pretty common that if you order a Mexican beer at a bar &mdash like Corona, or Pacifico &mdash it'll come accompanied with a little lime wedge for "extra flavor." In Mexico, however, beers don't come with lime unless you order a michelada (a beer prepared with a variety of salsas and juices). Oh, and ditto for shots of tequila: none of that salt and lime business down South.

In Mexico, burritos are small donkeys, not a huge rice-and-bean-filled tortilla. The burrito, like a lot of other things on this list, has a very complicated background. Although there are theories that place its origin in northern Mexico at the beginning of the Mexican Revolution, the burrito as we know it today wasn't served until the 1930s in California. While you can find smaller versions of your classic burrito in northern Mexico (given the area's proximity to the US), the further you go into the country, the more likely that when you ask for a burrito you'll get one of the Eeyore variety.

In case you're not from the South and have never encountered a chimichanga, all you need to know is that they're basically deep-fried burritos. Unlike their burrito cousins, the origins of the chimichanga are a little less dubious: they were invented in either Phoenix or Tucson.

While tacos are definitely, 100 percent, without-a-doubt Mexican, the way tacos al pastor are cooked (on a spit, shwarma-style) is actually not native to the country. They didn't come along until the early 1900s, when Lebanese immigrants moved to Mexico and brought their spit-roasting technique with them, completely revolutionizing the way the taco was prepared. So, people of Lebanon, from the bottom of our hearts, gracias.

Okay, so flour tortillas are Mexican, but like hard-shell tortillas, they're not as commonly used as your local Mexican restaurant might lead you to believe. The tortilla choices in Mexico are generally limited to different varieties of corn for tacos, soups, tostadas, and everything in between. Flour tortillas on the other hand, are typically only used for quesadillas.

Churros are actually very widely available in Mexico, so much so that many churro cafes offer a variety of churros filled with delicious jellies and spreads (Nutella, strawberry jelly, and sweetened condensed milk, to name a few). However, as much as they're beloved in the country, the sweet pastry as we know it today is actually a product of Spain.


15 Foods You Thought Were Mexican, But Aren't

Sorry, but these foods are about as Mexican as over-the-top Cinco de Mayo celebrations (i.e. they're not).

If Margaritas and Mexico are synonymous to you, I'm here to tell you that sadly, that's not accurate at all. The true origin of the delicious drink is not known, and though many of the theories point to it being created in Mexico, they also all point to it being created by foreigners. The origins may be shaky, but what's for sure is that if you go to Mexico, you'll be hard-pressed to find a margarita outside of touristy areas (and you definitely won't find any made with Fireball).

A more traditional drink is a Paloma, a mix of tequila on the rocks with grapefruit juice and lime, but if you opt for a margarita, no judgment here &mdash those things are damn good.

When you think of a taco, what ingredients come to mind? Meat, salsa, tortillas, cheddar cheese, and sour cream, right? Lo siento, but tacos in Mexico are not traditionally heavy on dairy. Don't worry: You can find tacos with cheese in them, but they're often called gringas (a somewhat derogatory slang word to refer to female foreigners) in reference to the true origin of the taco + cheese combo. Toppings on REAL tacos in Mexico don't go far beyond some fresh cilanto and diced onion.

That mustachioed man with the nice sombrero might be deceiving, but Tapatio (the salsa at least, Tapatios are people from the city of Guadalajara) is not Mexican at all. The spicy condiment is actually manufactured in Vernon, CA.

Don't get me wrong, chili con carne is delicious, but the dish was actually created in the Southwest &mdash most likely Texas. Ask for chili con carne in Mexico, and you'll definitely have a harder time bridging the cultural gap.

Sopapillas are the "Mexican" version of beignets &mdash deep-fried pieces of dough sprinkled with powdered sugar or cinnamon. However, the yummy pastries are actually not Mexican at all, unless you count New Mexico as part of Mexico, in which case, please leave this article and consult a map and a history book.

Ah queso, perhaps the most heavenly appetizer to exist, but alas, not Mexican, at least not the delicious cowboy kind you're used to. While melted cheese is served as a popular appetizer in Mexico, it's called queso fundido, and is typically made of white cheeses such as Oaxaca, Chihuahua, or Manchego (good luck finding those here), and is topped with chorizo or rajas (roasted chile poblano). The Velveeta version that's popular in the US actually originated in, you guessed it, Texas.

You know how most Mexican restaurants in the US will give you the option between crispy or soft tacos? That's not a thing in Mexico. In fact, while Glen Bell, the founder of Taco Bell, may not have been the first to fry a tortilla, he was largely responsible for making the crispy taco a phenomenon. Don't get me wrong &mdash you can find hard-shell tacos in Mexico, but they're generally family recipes &mdash don't expect your taquero to give you that option.

Though delicious, this sizzling creation is unfortunately not a product of Mexican minds. Once again, the Lone Star State is responsible for this dish, with the preparation and nickname dating back to 1930's Texas ranches.

With big offenders like cheddar cheese, sour cream, and tortilla chips, there's no way that a salad like this could be from Mexico. Despite what President Trump may say, taco salads are not Hispanic at all &mdash they were invented in California by the founder of Fritos.

For some reason, it's pretty common that if you order a Mexican beer at a bar &mdash like Corona, or Pacifico &mdash it'll come accompanied with a little lime wedge for "extra flavor." In Mexico, however, beers don't come with lime unless you order a michelada (a beer prepared with a variety of salsas and juices). Oh, and ditto for shots of tequila: none of that salt and lime business down South.

In Mexico, burritos are small donkeys, not a huge rice-and-bean-filled tortilla. The burrito, like a lot of other things on this list, has a very complicated background. Although there are theories that place its origin in northern Mexico at the beginning of the Mexican Revolution, the burrito as we know it today wasn't served until the 1930s in California. While you can find smaller versions of your classic burrito in northern Mexico (given the area's proximity to the US), the further you go into the country, the more likely that when you ask for a burrito you'll get one of the Eeyore variety.

In case you're not from the South and have never encountered a chimichanga, all you need to know is that they're basically deep-fried burritos. Unlike their burrito cousins, the origins of the chimichanga are a little less dubious: they were invented in either Phoenix or Tucson.

While tacos are definitely, 100 percent, without-a-doubt Mexican, the way tacos al pastor are cooked (on a spit, shwarma-style) is actually not native to the country. They didn't come along until the early 1900s, when Lebanese immigrants moved to Mexico and brought their spit-roasting technique with them, completely revolutionizing the way the taco was prepared. So, people of Lebanon, from the bottom of our hearts, gracias.

Okay, so flour tortillas are Mexican, but like hard-shell tortillas, they're not as commonly used as your local Mexican restaurant might lead you to believe. The tortilla choices in Mexico are generally limited to different varieties of corn for tacos, soups, tostadas, and everything in between. Flour tortillas on the other hand, are typically only used for quesadillas.

Churros are actually very widely available in Mexico, so much so that many churro cafes offer a variety of churros filled with delicious jellies and spreads (Nutella, strawberry jelly, and sweetened condensed milk, to name a few). However, as much as they're beloved in the country, the sweet pastry as we know it today is actually a product of Spain.


15 Foods You Thought Were Mexican, But Aren't

Sorry, but these foods are about as Mexican as over-the-top Cinco de Mayo celebrations (i.e. they're not).

If Margaritas and Mexico are synonymous to you, I'm here to tell you that sadly, that's not accurate at all. The true origin of the delicious drink is not known, and though many of the theories point to it being created in Mexico, they also all point to it being created by foreigners. The origins may be shaky, but what's for sure is that if you go to Mexico, you'll be hard-pressed to find a margarita outside of touristy areas (and you definitely won't find any made with Fireball).

A more traditional drink is a Paloma, a mix of tequila on the rocks with grapefruit juice and lime, but if you opt for a margarita, no judgment here &mdash those things are damn good.

When you think of a taco, what ingredients come to mind? Meat, salsa, tortillas, cheddar cheese, and sour cream, right? Lo siento, but tacos in Mexico are not traditionally heavy on dairy. Don't worry: You can find tacos with cheese in them, but they're often called gringas (a somewhat derogatory slang word to refer to female foreigners) in reference to the true origin of the taco + cheese combo. Toppings on REAL tacos in Mexico don't go far beyond some fresh cilanto and diced onion.

That mustachioed man with the nice sombrero might be deceiving, but Tapatio (the salsa at least, Tapatios are people from the city of Guadalajara) is not Mexican at all. The spicy condiment is actually manufactured in Vernon, CA.

Don't get me wrong, chili con carne is delicious, but the dish was actually created in the Southwest &mdash most likely Texas. Ask for chili con carne in Mexico, and you'll definitely have a harder time bridging the cultural gap.

Sopapillas are the "Mexican" version of beignets &mdash deep-fried pieces of dough sprinkled with powdered sugar or cinnamon. However, the yummy pastries are actually not Mexican at all, unless you count New Mexico as part of Mexico, in which case, please leave this article and consult a map and a history book.

Ah queso, perhaps the most heavenly appetizer to exist, but alas, not Mexican, at least not the delicious cowboy kind you're used to. While melted cheese is served as a popular appetizer in Mexico, it's called queso fundido, and is typically made of white cheeses such as Oaxaca, Chihuahua, or Manchego (good luck finding those here), and is topped with chorizo or rajas (roasted chile poblano). The Velveeta version that's popular in the US actually originated in, you guessed it, Texas.

You know how most Mexican restaurants in the US will give you the option between crispy or soft tacos? That's not a thing in Mexico. In fact, while Glen Bell, the founder of Taco Bell, may not have been the first to fry a tortilla, he was largely responsible for making the crispy taco a phenomenon. Don't get me wrong &mdash you can find hard-shell tacos in Mexico, but they're generally family recipes &mdash don't expect your taquero to give you that option.

Though delicious, this sizzling creation is unfortunately not a product of Mexican minds. Once again, the Lone Star State is responsible for this dish, with the preparation and nickname dating back to 1930's Texas ranches.

With big offenders like cheddar cheese, sour cream, and tortilla chips, there's no way that a salad like this could be from Mexico. Despite what President Trump may say, taco salads are not Hispanic at all &mdash they were invented in California by the founder of Fritos.

For some reason, it's pretty common that if you order a Mexican beer at a bar &mdash like Corona, or Pacifico &mdash it'll come accompanied with a little lime wedge for "extra flavor." In Mexico, however, beers don't come with lime unless you order a michelada (a beer prepared with a variety of salsas and juices). Oh, and ditto for shots of tequila: none of that salt and lime business down South.

In Mexico, burritos are small donkeys, not a huge rice-and-bean-filled tortilla. The burrito, like a lot of other things on this list, has a very complicated background. Although there are theories that place its origin in northern Mexico at the beginning of the Mexican Revolution, the burrito as we know it today wasn't served until the 1930s in California. While you can find smaller versions of your classic burrito in northern Mexico (given the area's proximity to the US), the further you go into the country, the more likely that when you ask for a burrito you'll get one of the Eeyore variety.

In case you're not from the South and have never encountered a chimichanga, all you need to know is that they're basically deep-fried burritos. Unlike their burrito cousins, the origins of the chimichanga are a little less dubious: they were invented in either Phoenix or Tucson.

While tacos are definitely, 100 percent, without-a-doubt Mexican, the way tacos al pastor are cooked (on a spit, shwarma-style) is actually not native to the country. They didn't come along until the early 1900s, when Lebanese immigrants moved to Mexico and brought their spit-roasting technique with them, completely revolutionizing the way the taco was prepared. So, people of Lebanon, from the bottom of our hearts, gracias.

Okay, so flour tortillas are Mexican, but like hard-shell tortillas, they're not as commonly used as your local Mexican restaurant might lead you to believe. The tortilla choices in Mexico are generally limited to different varieties of corn for tacos, soups, tostadas, and everything in between. Flour tortillas on the other hand, are typically only used for quesadillas.

Churros are actually very widely available in Mexico, so much so that many churro cafes offer a variety of churros filled with delicious jellies and spreads (Nutella, strawberry jelly, and sweetened condensed milk, to name a few). However, as much as they're beloved in the country, the sweet pastry as we know it today is actually a product of Spain.



Comentários:

  1. Manus

    Não é mais do que reserva

  2. Juzragore

    É grato pela ajuda neste assunto, como posso agradecer?

  3. Kisar

    Eu posso recomendar ir a um site que tem muita informação sobre este assunto.

  4. Vudokasa

    haaaaaa ........ classe

  5. Benwick

    É simplesmente um tópico incomparável



Escreve uma mensagem